London
08 Dec, Sunday
11° C
TOP
Image Alt

Revista Brasil Na Mão - O Verdadeiro Guia dos Brasileiros no Reino Unido

Detox Sexual

Saúde física é sem dúvidas um dos assuntos que interessa a todos nós. Pesquisas apontam que  entre os 10 principais “medos” que o ser humano tem são: a fobia de adoecer e consequentemente de morrer. Portanto nesta busca de estarmos bem, alteramos os nossos comportamentos para estilos mais saudáveis, procuramos adotar hábitos alimentares diferentes, ter uma vida cotidiana com mais exercícios, e por vezes fazemos até uma dieta detox  para limpar tudo, trazendo-nos resultados do bem estar e a sensação de estarmos limpos, concentrando apenas em manter esse bem estar. Estas precauções sem dúvidas, são sim de extrema importância para mantermos o equilíbrio do nosso metabolismo sistêmico, e o corpo agradece muito por este grande gesto de amor… Porém, existem outras formas de intoxicações, algumas que cometemos como se fosse “quase que no piloto automático”. Por vezes, sem percebermos estas intoxicações vão se acumulando em nós como lixos tóxicos. Posso mencionar aqui vários exemplos de lixos tóxicos: os pensamentos negativos, o uso de remédios alopáticos, drogas, cigarros e bebidas alcoólicas, tudo isso contribui para “sujar nosso campo energético” e trazer infelicidade em formas de doenças, angústias, etc…
Uma das principais toxinas que nos adoece é a “toxina da energia sexual.”
Você já parou pra pensar nisso?
Quando estamos com um parceiro na intimidade, não consiste simplesmente em uma troca de dois corpos nus que se tocam em suas partes íntimas. Existe ali também, uma troca de energia muito grande e envolvente, que nos conecta com a outra pessoa. O pesquisador Wilhem Reich, foi o primeiro cientista que defendeu a tese sobre a energia de troca no momento do orgasmo. Tanto ele, quanto às curas quânticas e todas as terapias que trabalham com energia, concordam com a tese deste pesquisador, que nos diz que no momento do orgasmo é disparado uma grande carga energética (bioenergética), e junto com esta carga vem também todas as energias que se encontram com a pessoa que estamos compartilhando a intimidade. Ou seja, recebemos no momento do ato sexual toda a energia dos medos, das inseguranças, dos comportamentos dessa pessoa, todos os tipos de problemas e vícios que ela (e) carrega. Toda esta energia permanece dentro de nós e inconscientemente altera o nosso estado de humor, nos fazendo sentir pesados, com medos ou desanimados, podendo até alterar a nossa saúde física e vice versa.
Portanto, convido-os a refletir: com que tipo de pessoa você tem se relacionando? Com quantas pessoas diferentes você tem trocado contatos íntimos? Como anda a energia que você tem repassado para o seu parceiro (a)? Quanto mais você tem intimidades sexuais com uma pessoa, mais profundas vão sendo as conexões. Sendo assim, se a pessoa com quem nos relacionamos tiver uma ótima conexão energética, onde a maior parte do tempo ela vibra energia positiva, amor e paz, nós iremos também nos conectar com estas energias maravilhosas e benéficas para nós. Portanto isso aumenta ainda mais a nossa responsabilidade em tentarmos sermos cada vez melhores, e melhores conectados, para que este parceiro possa continuar com o interesse em estar compartilhando esta troca de energia conosco. Quanto mais vibramos na mesma onda vibratória, mais conectados estaremos um com o outro…
Assim como fazemos os detox do corpo para sermos mais saudáveis e as higienes pessoais diárias, também devemos incluir nestas rotinas a nossa higiene sexual.
Existem vários exercícios que ajudam nesta limpeza. Portanto a mais eficaz e preventiva, é aumentar a responsabilidade com as trocas de parceiros nas quais por muitas vezes se faz simplesmente visando os prazeres momentâneos do corpo e do desejo, não levando em conta mais nada, e trazendo mais tarde consequências difíceis de serem alteradas e limpas, sem contar ainda com o sentimento de infinito vazio depois do prazer momentâneo.
Seu corpo é um altar sagrado. O corpo do outro também é um altar sagrado.
Respeite o ato sagrado que é o ato sexual. A energia do sexo, foi uma benção a nós ofertada para sentirmos prazer na vida, e com isso combatermos os distúrbios depressivos e alterações de humores, essa dádiva foi concedida exclusivamente ao ser humano.
Devemos aproveitar desta energia divina para limpar, curar e ajustar toda a energia que corre pelo nosso corpo.
Não permita ninguém tocá-lo sem antes reverenciá-lo.