Nossas dores e sabores

Só nós sabemos dos nossos amores, dos nossos sabores, dos nossos desejos dos nossos sonhos… Lá no fundo a gente chora o choro inevitável, sofre a dor que ninguém consegue sentir. Apesar da dor causar muitas vezes cicatrizes, ela também nos faz crescer, nos faz ver o mundo de uma forma diferente. As vezes ela é um impulso para um salto maior! Quantas dores, amores e sabores…

Às vezes falta tão pouco para alcançar o que queremos que nos perdemos no muito. Muito orgulho, muito choro, muito sofrimento, sem a possibilidade de olhar nem mesmo dentro de nós! Estudos mostram que orgulho é um dos maiores causadores de doenças inclusive depressão.

Orgulho excessivo e estresse tem ligação com depressão? Os sintomas mais comuns da depressão são tristeza e baixa de energia. Mas, irritação, estresse também fazem parte do quadro. A questão específica do “orgulho”, de forma isolada, não é algo que incluímos com freqüência na lista de sintomas. Mas cada caso deve ser avaliado com atenção e individualidade. Por isso, talvez, alguém que apresente orgulho excessivo pode, sim, ter algo com o tema. Alguns sintomas de tristeza podem, às vezes, serem confundidos com depressão. Adriana de Araújo – Psicóloga.

Os sentimentos estão tão à flor da pele, que nossas atitudes ultrapassam limites que nunca esperávamos nem chegar a ter, quanto mais ultrapassar!

Nesse turbilhão de sentimentos precisamos encontrar os mais puros  e sinceros: o amor! Ah o amor que tudo pode, tudo suporta! A gratidão que por sua tamanha grandiosidade consegue atingir o ponto mais elevado.

Juntamente com tudo isso também vem a esperança, essa mesma que nos faz esperar e acreditar em dias e situações melhores.

Enquanto há vida há esperança, quantas vezes ouvimos essa frase… E é isso que muitas vezes nos move, esperança de um mundo melhor, de pessoas e situações melhores.

Temos também a saudade… Palavra única que em nenhuma outra língua se consegue uma tradução, quanto mais sentir… Quem sente saudade consegue atingir a tristeza e a alegria em alguns segundos, ela tem o poder de te levar há lugares especiais, com pessoas especiais, como é gostoso sentir a saudade que acolhe.

São tantas emoções já dizia Roberto Carlos em umas das suas antigas canções: “se chorei ou se sorri o importante é que emoções eu vivi”.

Viver! Como é bom viver! Sim, a vida é para ser vivida e aproveitada da melhor forma com todos os sentimentos acima e muito mais! Viva sim, intensamente se possível pois a vida é curta, bom seria se tivéssemos a oportunidade de viver longos anos ao lado de quem amamos, dos nossos amigos, de pessoas especiais. Porém nem sempre é possível por inúmeras razões, então nunca deixe para trás aquilo que você deseja fazer, nunca deixe que ninguém te abuse com palavras, seja forte, persistente, seja amor aonde quer que esteja, sendo assim a vitória é simplesmente inevitável, o sucesso é alcançado e você poderá ser grato pela vida, simples assim: gratidão!

Experimente agradecer algo todos os dias, adquirindo esse hábito tudo vai fluir melhor!

Compartilhe: