London
09 Dec, Monday
9° C
TOP
Image Alt

Revista Brasil Na Mão - O Verdadeiro Guia dos Brasileiros no Reino Unido

Nossa Capa de Julho

Doug Wendel, Nascido em São Paulo, mas criado no Rio de Janeiro, se considera carioca nato. Filho de uma família estruturada, sucedida no ramo empresarial. Mora em Londres a 7 anos, casado e é pai de uma linda garotinha.

É sócio e diretor da Press, uma casa noturna londrina voltada ao público da alta sociedade. Atualmente é uma das maiores casas noturnas em Londres de um brasileiro aqui no Reino Unido, com inauguração no mês de Maio de 2014 já faz sucesso entre a elite de casas noturnas.

Doug Wendel cursou ensino privado e mesmo com a vida corrida conseguiu finalizar a faculdade. Passou por vários outros países, é ex-jogador de futebol e devido ao seu porte físico atlético trabalhou como model, também participou de trabalhos voluntários na área de educação esportiva de crianças carentes, dentro e fora do Brasil.  Segue a entrevista:

Como surgiu a Press? 

Surgiu após muitos anos de trabalho em várias casas noturnas e também da vontade de gerenciar o próprio negócio. Assim, com a parceria de outros empresários surgiu a Press, casa noturna com capacidade em torno de 400 a 700 pessoas. Num bairro super valorizado e propício para o tipo de negócio.  Mesmo quem nunca visitou a boate,  pode ter alguma idéia de como seja o ambiente através das fotos disponíveis no site www.pressnightclub.co.uk

Ela foi inspirada em alguma outra casa noturna? 

Não foi inspirada em nenhuma outra casa noturna, e sim, criada para não ter as mesmas falhas que muitas casas noturnas apresentam, uma delas a área para os visitantes da mesma dançarem.

Qual as maior dificuldade que os empresários que investem em casas noturnas enfrentam? 

A maior dificuldade é a concorrência, já que existem várias casas noturnas em Londres. Muitas que procuram oferecer a mesma qualidade de serviço para seus clientes. Fazendo com que cada uma das pessoas venha desfrutar de sua sonhada noite na balada.

É difícil administrar um clube que recebe muitas celebridades, artistas e pessoas importantes como a Press?

Não, se você souber como fazer seus clientes se sentirem em um ambiente amigável, levando em consideração que os clientes não são apenas mais um cliente, acima de tudo são pessoas do circulo de amizade do dia a dia.

Você  tem em mãos contatos de pessoas da alta sociedade que costumam frequentar esses lugares. Muitos seriam brasileiros? 

Sim, existem contatos da alta sociedade que visitam o clube, levando em consideração que o publico brasileiro na Press, é de 5 á 10% de seu público fiel.