Eu não sou louco! Vou ao psicólogo porque não sou louco!

Não necessita de prescrição para ter boa saúde mental e emocional
“…Vou ao psicólogo porque necessito de colocar os meus pensamentos em ordem, gerir as
minhas emoções e aprender a viver melhor…vou, porque me faz sentir bem e adquiro recursos
para enfrentar os desafios da vida.”

A saúde mental não está relacionada apenas à ausência de doenças mentais. Para uma saúde mental plena, é necessário você encontrar o equilíbrio emocional entre o patrimônio interno e as exigências ou vivências externas. A forma como as pessoas reagem às exigências da vida e ao modo como harmonizam seus desejos, capacidades, ambições, ideias e emoções proporciona-lhes uma boa saúde mental.
Pessoas mentalmente saudáveis compreendem que possuem limites e que não se pode ser tudo para todos. Elas vivenciam diariamente emoções como alegria, amor, satisfação, tristeza, raiva e frustração, entendem os sentimentos associados a cada emoção. São capazes de enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana com equilíbrio e sabem procurar ajuda quando têm dificuldade em lidar com conflitos, perturbações, traumas ou transições importantes nos diferentes ciclos da vida.

Não existem contra-indicações para uma boa saúde mental e emocional:
“…Comecei a sentir que algo não estava bem dentro de mim e não conseguia explicar muito bem o porquê.”
As pessoas deverão procurar um psicólogo quando sentem que não estão a ser capazes de gerir os seus sentimentos, pensamentos e ou comportamentos de um modo que seja satisfatório. O Psicólogo é um profissional que busca entender os comportamentos e as funções mentais do ser humano por esse motivo é o profissional indicado. O psicólogo, irá ouvir, compreender e dialogar sem qualquer tipo de julgamento, ele irá promover a auto-reflexão e busca de novos significados para a situação que está sendo relatada pela pessoa, e assim ajudá-la a lidar com suas dificuldades de maneira mais harmoniosa.
É de extrema importância ressaltar que a atuação do psicólogo é regida por um código de ética e sigilo profissionais. Assim, tudo que é conversado em uma sessão de psicoterapia fica em sigilo entre psicólogo e pessoa atendida.

Plano terapêutico para uma boa saúde mental e emocional:
“…Assustava-me muito falar sobre mim na minha primeira consulta com um psicólogo, mas um dia tudo mudou.” 

Falar dos seus medos e situações desconfortáveis que estão a incomodá-lo e deixá-lo sem reação para agir, não irá fazer com que essas situações e medos sejam aumentados ou intensificados, por outro lado irá fazer com que você os reconheça e os assuma, desta forma você conseguirá ter uma percepção mais:

  • Apurada da realidade;
  • Uma melhor integração e resposta emocional;
  • Um maior desenvolvimento e auto-realização;
  • Melhores atitudes positivas em relação a si próprio;
  • Domínio e competência social;
  • Autonomia e autodeterminação.

Se você sente vontade de ir a um psicólogo, você está consciente que gostaria de ter um conhecimento mais aprofundado sobre si, sobre como reage às diversas situações que vive e está em busca de uma saúde mental plena. Não se prive do contato com um psicólogo porque não está seguro das suas áreas de atuação ou se você está perante o “motivo” certo. Se você tem dúvida de como um psicólogo o pode ajudar entre em contato connosco.

Compartilhe:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*