Você sabe quando é hora de desistir?

Insistir, persistir e nunca, mas mesmo nunca desistir. Será que isto se aplica a tudo na nossa vida?

Em consulta passo a ideia do “não desista” aos meus pacientes, por mais que seja difícil a situação em que eles se encontrem. Com o passar do tempo apercebi-me que a palavra “Desistir” é vista e entendida como uma fraqueza, por isso pergunto-me será que sabemos o que significa esta palavra? Será que desistir é algo negativo?

Quando olhamos para a palavra desistir no dicionário encontramos o seguinte significado: “Abster-se; renunciar de modo voluntário; não continuar ou não prosseguir com a realização de algo ou de alguma coisa em específico”.

Após analisar o real significado da palavra mais uma vez pergunto-me, não será importante a pessoa sentir que por vezes pode desistir? Será que por vezes desistir não será a melhor decisão e atitude a tomar? Muitas vezes as pessoas insistem em algo porque querem provar a si próprias e aos outros que são capazes, e com isto vivem um sofrimento desnecessário, persistem em algo sem nunca analisar outras alternativas. Isto acontece porque queremos mais e melhor para as nossas vidas. Acreditamos que seremos mais fortes quando ultrapassamos obstáculos e quebramos barreiras sem nunca desistir. Não quero dizer que isto seja errado, pois não é, mas até quando as pessoas devem insistir em algo? Pela minha experiência profissional posso garantir-vos que por vezes as pessoas não desistem não porque querem superar-se mas sim porque é mais fácil permanecer acomodadas em algo, mesmo sabendo que não é saudável nem irá trazer benefícios para sua vida.

Não tenha medo de desistir de algo para perseguir algo melhor.

Atrevo-me a dizer que persistir e desistir são igualmente importantes decisões nas nossas vidas. Apesar de na sociedade onde vivemos o “desistir” esta conetado erroneamente à ideia de incapacidade e fracasso é importante que estas decisões aconteçam para que possamos experienciar algo diferente.

Hoje pretendo passar-lhe a mensagem que o desistir pode ser praticado por si, não tenha medo de dizer que desistiu. Desistir proporcionará uma mudança e um novo começo! Claro que não podemos generalizar, mas por vezes renunciar a algo exige coragem e será o caminho para seguir e insistir em algo melhor, na verdade quando interrompemos com algo que nos faz mal estamos a dar oportunidade a nós próprios vivenciar outras realidades que nos possibilitarão um maior crescimento pessoal.

O importante será você saber quando desistir, acreditando que desistir de algo que lhe faz mal, proporcionar-lhe-á a mesma emoção e obterá o mesmo resultado que quando você persiste em algo que você sabe que lhe faz bem e é benéfico para si.

Tenha sempre presente que desistir por vezes é a melhor decisão e comportamento a adotar para poder seguir em frente, seja o desistir de um relacionamento, de uma pessoa, de um atividade…o importante é que por detrás desta decisão esteja consciente que fez tudo o que era necessário, que não ficou nada por dizer ou por fazer! Só assim poderá sentir-se realizado e permitir-se-á desistir.

A única coisa que não é permitido é você desistir de si. Nunca desista de viver.


Por: Catarina Santos Faria
Psicóloga
catarinasantosfaria@monteiroclinic.co.uk
Tel. 02075826000

Compartilhe: