Veneza Itália

Veneza é uma cidade no nordeste da Itália (região do Vêneto), e junto com Murano, Burano e outras ilhas, formam a Comuna de Veneza. É constituída por um conjunto de ilhas no Mar Adriático. Classificada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO , Veneza é riquíssima em história e cultura (canais, pontes, monumentos, praças, igrejas… Tudo ali te transporta para o passado e transpira arte), e já foi uma das cidades mais importantes e influentes da Europa.

É difícil se “preparar” para o labirinto veneziano. Não importa o quanto você tenha estudado o mapa da cidade e o quão detalhado é o seu plano de passeio, fato é, que você vai acabar se perdendo em Veneza.

Mas isso é bom! Sim, porque os maiores tesouros de Veneza estão ali, escondidos nos cantos somente encontrados por acaso, longe das trilhas oficiais e turísticas.

As tantas hidrovias é que dão a cara da cidade – única e complicada de se locomover mas, afinal, linda como poucas. Felizmente, três das maiores atrações estão em uma praça única – a Piazza San Marco, com a Basílica de São Marcos, o Palácio Doge (Ducal) e a Torre dell’Orologio (Torre do Relógio).

Quanto tempo ficar?

Eu diria que 3 dias é o tempo ideal para conhecer Veneza de uma maneira agradável e também ter tempo de ir para as ilhas vizinhas, Burano e Murano.

Eu fiquei apenas 2 dias. Também dá! Mas deixou aquele gostinho de quero mais!!!

A principal estação de trem é Santa Lúcia.

O que ver e fazer?

O que eu recomendo MESMO fazer em Veneza é SE PERDER e bater perna … Andar sem rumo (só que com mapa em mãos, claro!) e ir sentindo o gostinho de um lugar que ficou parado no tempo.

Se couber em seu orçamento, não deixe de fazer o passeio de gôndola pelo Grand canal, o passeio custa em média 80€ e tem duração de 40 minutos.

Outras opções de transporte mais comum são o vaporetto (ônibus aquático) e o traghetto, espécie de balsa de passageiros.

Quando ir?

Assim como qualquer outra viagem para cidades européias sem praia, todos os meses são meses para ir a Veneza (quem preferir calor, escolha ir nos meses quentes – abril a setembro – e quem gosta de frio, deve ir nos meses mais gelados – outubro a março).

Eu fui em  fevereiro, quando acontece o famoso Carnaval de Veneza, um dos mais antigos e importantes do mundo. A cidade fica cheia como nunca, mas trata-se de um evento único, que você pode querer ver de perto!!


Por: Mirelle Tome
IG@mirelletome
BF.com/mirelletome
www.mirelletome.com

Compartilhe: