Problemas de ganho de peso e crescimento na infância

O ganho de peso e o crescimento são indicadores clínicos importantes do estado de saúde das crianças. Mas, além de serem sinais importantes, são, sobretudo, relevantes na opinião dos pais, pois estes têm desejos que os filhos cresçam normalmente e desconhecem a ampla variação da normalidade.

É muito comum que a queixa de pouco crescimento ou baixo ganho de peso venha acompanhada da queixa de falta de apetite da criança. Vale lembrar que na fase pré-escolar e escolar, com a menor velocidade de crescimento (fisiológica), a criança sente menos fome.

O crescimento é influenciado por diversos fatores, como a herança genética, o meio ambiente, os aspectos psicológicos individuais e familiares e também pelos níveis socioeconômico, escolar e cultural da família.

Nem sempre estar abaixo do percentil de peso e/ou de altura esperados para a idade significa anormalidade. O achado pode ser o padrão normal daquela pessoa.

A causa mais comum do baixo ganho de peso e estatura é a desnutrição, sendo decorrente de uma deficiência de energia e proteínas, que reúne diversas manifestações clínicas, antropométricas e metabólicas, em função da intensidade e duração da deficiência alimentar.

Se seu filho tem baixo peso ou baixa estatura, o ideal é realizar uma avaliação nutricional com pediatra ou nutricionista especializada em nutrição infantil, apenas esses profissionais podem realizar uma avaliação completa e diagnosticar o problema.


Por: Carolina Capellari Simon
Nutricionista
carolinasimon.co.uk
+44 (0) 7756988135

Compartilhe: