FAÇA AS PERGUNTAS CERTAS E MUDE!

“O auto questionamento é uma virtude dos que ousam crescer” J.P.Gurgel

Passamos a vida inteira procurando respostas para nossas vidas, soluções prontas e até mesmo conselhos de pessoas que julgamos serem prontas para direcionar nossas vidas a partir de suas perspectivas e experiências, o que pode constituir um grande erro. No processo de Coaching utilizamos o principio da Maiêutica, que consiste numa prática filosófica desenvolvida por Sócrates onde, através de perguntas sobre determinado assunto, a pessoa é então levado a descobrir a verdade sobre algo. Nesse processo fica muito claro que podemos trazer de dentro de nos mesmo as respostas que tanto almejamos do mundo exterior.

Fica claro nesse processo que não são as respostas que nos movimentam, mas as perguntas, pois elas sintonizam nosso cérebro na busca pela solução das nossas questões, das mais simples as mais complexas.

Nesse artigo, trago para você dez questionamentos fundamentais para quem está buscando uma mudança de vida e uma integração maior entre as questões pessoais e profissionais. Você está pronto para respondê-las? Então vamos lá!

Dez perguntas clássicas em Coaching

  1. O que exatamente você quer… (vida, trabalho, carreira, relacionamentos)?

Acredite, muitas pessoas não sabem exatamente o que querem, tendo apenas respostas rápidas, vazias e nada específicas quando fazemos essa pergunta. Normalmente as pessoas não sabem exatamente o que querem, tendo apenas respostas rápidas, vazias e nada específicas quando fazemos essa pergunta. Como você se comporta diante dela?

  1. O que de fato é importante pra você?

Essa pergunta trará a tona os seus valores e princípios de uma forma bastante rápida e direta. Mas também poderá revelar uma confusão entre os mesmos. Busque elucidar claramente o que de fato importa na sua vida para que sejam determinadas diretrizes de mudanças na sua vida.

  1. O que te fará perceber que conseguiu o que queria?

Busque nessa pergunta observar se a sua percepção é eficaz, se você realmente tem a capacidade de observar o que tem ao seu redor, o que já conquistou, se tem senso de gratidão e principalmente, se reconhece quando está na rota certa para atingir algum objetivo. Essa pergunta tem o poder de transformar o seu direcionamento estratégico e te fará perceber com clareza se seus planos firam bem elaborados ou estão seguindo uma correta direção na sua execução.

  1. Quais são as forcas contrarias em sua jornada?

O maior objetivo dessa pergunta é elucidar e evidenciar os fatores que vem atrapalhando as conquistas das pessoas. Potencial todos nós temos, no entanto resta saber se está posto em prática da forma certa. Já a interferência está dividida em dois grupos:

Fatores externos: São aqueles que não dependem diretamente de você, não estando sob seu domínio, como por exemplo, recursos da empresa, maquinário, financiamentos, etc.

Fatores internos: Esses são os que dependem diretamente de você, ou seja, são suas habilidades pessoais, pensamentos, comportamentos e crença

  1. Quais são seus recursos favoráveis para ajudá-lo?

É um dever nosso partir da premissa que possuímos recursos e habilidades específicas, portanto nessa pergunta, já estamos afirmando a nós mesmos que possuímos recursos, e que precisamos reconhecê-los e saber como lidar com eles. Os recursos de uma pessoa podem ser:
Internos: Crenças, valores pessoais, valores e comportamentos.

Externos: Dinheiro, patrimônio, apoiadores e patrocinadores.

  1. Qual seria a forma mais fácil de atingir seus objetivos?

Essa pergunta visa criar objetividade e reduzir a complexidade com a qual muitas pessoas observam seus projetos de vida. Algumas pessoas fazem uma questão simples se tornar algo tão mirabolante e difícil que acabam por desistir de seus projetos. Portanto o maior intuito dessa pergunta a fazer você observar suas possibilidades mais simples de realização de objetivos.

  1. Qual o primeiro passo a ser dado?

Normalmente o primeiro passo é o mais difícil de ser dado, pois normalmente vai gerar um comprometimento e dar um segundo, um terceiro e assim por diante. Além disso, muitas pessoas não sabem dar o primeiro passo na direção correta, necessitando de uma orientação. No entanto sem dar o primeiro passo nunca termos o engajamento com nossos projetos.

  1. Quando você alcançar seus objetivos completamente, que sentimentos você terá?

O maior objetivo dessa questão é investigar a experiência sensorial que temos quando este snos imaginamos diante dos objetivos alcançados, e saber se eles estão realmente em seu estado desejado. Essa pergunta é um teste para ver se escolhemos de fato os objetivos pelos quais queremos seguir adiante. Muitas vezes algumas pessoas determinam que um objetivo não justifica todos os desafios ao longo do caminho, e todas as suas implicações, e isso pode acarretar em mudança de objetivos.

  1. O que você tem negligenciado sobre você e sobre sua vida?

Muitas pessoas passam a vida inteira ocupadas, atarefadas e sem tempo de analisar se suas vidas tem algum propósito específico. Alguns apresentam justificativas completamente inconsistentes para o estilo de vida que levam e o simples fato de perceber isso se torna impactante. Há ainda aquelas pessoas que não vivem de acordo com suas metas ou valores, por julgarem que a felicidade é algo irreal, utópico e que não pode fazer parte de suas vidas.

  1. E se você decidisse der feliz de fato, como seria sua vida?

Essa questão é extremamente poderosa e excitante, pois vai fazer com que você saia de um estado de inércia e acesse em sua mente o seu modelo de vida ideal, gerando comprometimento com grandes mudanças no mundo.

Tenho certeza que ao responder a todas elas você terá dado um grande passo em direção a mudança de vida desejada. Mude e procure ao máximo adaptar-se as situações que são necessárias para que você atinja seus objetivos de vida. Nada é fácil, mas com estratégia, resiliência e fé, toda mudança é possível!


Por: João Paulo Gurgel
Neurocoach / Life Coach e Diretor do ICD (International Coaching and Development)
joaopaulo@icdcoaching.com
Tel. 07521620080

Compartilhe: