Nesta edição iremos falar sobre as Aftas

A afta também conhecida como estomatite aftosa, é a enfermidade da mucosa oral mais comum, caracterizando-se por áreas de erosões (com rompimento do tecido epitelial e exposição do tecido conjuntivo), de coloração branco-amarelada, contorno avermelhado, múltiplas ou solitárias.

A etiopatogenia das aftas não é muito conhecida. É uma manifestação clínica de diversas doenças, causadas por diferentes mecanismos, normalmente de natureza imunológica. Inicia-se com uma sensação de formigueiro ou incômodo na mucosa oral, surgindo um ponto avermelhado dentro de 24 a 48 horas. Com o tempo, o núcleo da lesão vai ficando esbranquiçado e, quando a afta está madura, aparece a ferida no seu centro.

Alguns alimentos e frutas ácidas podem induzir a formação de aftas. Existem outros factores também que podem predispor ao surgimento delas, como: doenças sistêmicas, imunopatias, deficiências nutricionais, alergias, stress, doenças auto-imunes e reações a determinados tipos de tratamentos (como quimioterapia). Outra possível causa de aftas é a intolerância ao glúten.

Casos de aftas recorrentes podem ocorrer em pelo menos 10% da população mundial, sendo as mulheres mais afectadas do que os homens. Aproximadamente 30-40% dos indivíduos com aftas recorrentes apresentam um histórico familiar.

No geral, a lesão regride dentro de 1 a 2 semanas, mas pode persistir por mais tempo. É necessário a manutenção de uma boa higiene oral e evitar alimentos ácidos, apimentados ou salgados, pois esses podem irritar as aftas. A sensação dolorosa pode ser tratada com gel anestésico, anti-séptico de peróxido de hidrogênio que auxilia na limpeza dos detritos e bactérias que se acumulam nas úlceras (aftas), diminuindo, deste modo, as complicações associadas com a sua presença.

Quando se trata de casos mais severos, o tratamento é feito com o uso de antibióticos e esteróides, sendo que deve ser feito sob supervisão médica. A tetraciclina é comumente usada nesses casos; alguns médicos podem receitar também anestésicos locais nos casos de múltiplas aftas severas.

O raio laser ameniza a dor de forma imediata. Este é aplicado em consultórios dentários e, apesar de ser uma técnica nova, vem-se mostrando funcional, pois, além de praticamente sanar a dor, não tem contraindicações.

Se quiserem colocar alguma pergunta podem fazê-lo por email para drlage@naturezadental.co.uk, por telefone para o 0208 654 3984 ou enviar por carta para NDP – Natureza Dental Practice, 9 Portland Road, South Norwood, London SE25 4UF.

Obrigado e até à próxima edição.


Por: José Lage
drlage@naturezadental.co.uk
Tel. 0208 654 3984

Compartilhe: