As mudanças na gravidez

À medida que a gravidez evolui e o bebê cresce e se desenvolve, o corpo da mulher se ajusta sofrendo mudanças para a adaptação ao bebê que está crescendo.

  • No 1º trimestre da gravidez, a mulher pode sentir mais sonolência e fadiga. É uma grande necessidade de dormir após o almoço. Náuseas e vômitos são habituais no 1º trimestre, sobretudo pela manhã.
  • A barriga, aumentará de tamanho, pouco a pouco, sendo mais visível a partir do 4º – 5º mês de gestação. Os seios também vão aumentando, o mamilo estará mais sensível e é comum aparecer leite antes do final da gravidez, na maioria dos casos, no terceiro trimestre gestacional.
  • Algumas alterações da cor da pele podem aparecer, como manchas castanhas no rosto, maior pigmentação da aréola do mamilo ou uma linha escura na barriga, abaixo do umbigo, que na maioria das vezes desaparecem depois do parto.
  • Náuseas e vômitos são habituais no 1º trimestre, sobretudo pela manhã. Coma assim que se levantar e não fique muitas horas sem comer, respeitando um tempo de 2 a 3 horas entre refeições
  • Faça pequenas refeições ao longo do dia e beba muita água para ser manter nutrida e hidratada.
  • Algumas mulheres sofrem  com constipação (prisão de ventre), para tentar evitar, beba muita água e alimentos ricos em fibras, como frutas, hortaliças e cereais integrais.
  • Durante a gravidez há uma necessidade maior de urinar, inclusive durante a noite. Este sintoma vai se acentuando com a evolução da gravidez devido à pressão exercida pelo peso do bebê sobre a bexiga e às alterações hormonais.
  • Evite permanecer em pé ou sentada por longos períodos de tempo de forma a evitar dores nas pernas e o aparecimento de varizes. Sempre que possível, movimente-se, descanse com as pernas elevadas e use meias de circulação, caso não haja nenhuma contra indicação para tal.
  • Mais para o final da gravidez podem surgir ou aumentar as dores nas costas. Procure sentar-se corretamente, com as costas apoiadas e evite carregar pesos. A prática regular de exercícios físicos poderá ajudá-la a melhorar a postura, a relaxar os músculos e a aliviar a tensão, procure fazer massagens e banhos para alívio das dores.

Com o passar das semanas, sua musculatura e estruturas anatômicas vão se adaptando e mudando. Por exemplo, o centro de gravidade do corpo se desloca para frente, a cabeça se desloca para frente, há um aumento da lordose, a mulher sofre frouxidão ligamentar, dentre outros.


Por: Flavia Azevedo
Fisiopetapeuta e Doula
Tel. 078 68319585
facebook.com/fahealthcare

Compartilhe: