Marketing Pessoal: a sua melhor venda

Muitas vezes estamos tão ocupados com o trabalho, a família e as contas, que nos esquecemos de cuidar de um bem muito importante: a própria imagem. Isso mesmo, a sua imagem vende!

Assim como nos comunicamos através da linguagem corporal, em surpreendentes 55%* durante um contato interpessoal, a nossa imagem então é altamente levada em conta.

Um alto executivo provavelmente não vai garantir um olhar de respeito dos funcionários se ele/ela chegar na escritório com roupa de academia – são muitos os fatores que “fazem o respeito acontecer”, o exemplo da “roupa de academia” serve para ilustrar a importância de estarmos adequados às regras de etiqueta.

Quando pensar em marketing pessoal, leve em consideração:

  • Higiene pessoal: cabelo alinhado ou domado; uso de desodorante e perfumes; unhas sempre aparadas; cuidado com os “boca” (não tem nada mais complicado do que avisar um colega que ele está com um restante de comida do almoço nos dentes).
  • Vestimenta adequada. Ocasiões mais formais exigem um look mais “smart”; preste atenção nos seus clientes (muitas vezes você pode não possuir o ‘item’ que vende, mas é importante se comportar como se já o possuísse.
  • Make Up: cuidado com o excesso durante o dia, na parte da noite pode ousar um pouco mais.
  • Acessórios: já ouviu falar que “menos é mais”? Assim você nunca erra!
  • Tom de voz é muito importante – 38% da comunicação* – e varia para mais, dependendo da situação.
  • Linguagem Corporal. Andar com o “peito erguido” não necessariamente reapresenta ostentação mas pode passar confiança, se agir com humildade.
  • Não se esqueça de sorrir, afinal, quem não gosta de estar ao redor de pessoas felizes?

O segredo é se auto-policiar, a todo momento, e com certeza, considerar o ambiente que você está inserido.

* Beyond Word, Jeff Thompson PhD.


Por: Leonardo Altomar
Jornalista
www.fyc.agency
fycagency@gmail.com
Tel. 07415408368

Compartilhe: