Entrevista com Fábio Merlotto de Lima

O empresário paranaense Fábio Merlotto de Lima e sua esposa Cristiane  de Lima, abriram seu negócio em 2009, viu na deficiência do setor a oportunidade para o sucesso. Eles abriram uma pequena mercearia e nela vendia alguns tipos de carnes. “Eu achei a deficiência nesse setor, foi onde eu optei por abrir uma casa de carnes e foi aí onde tudo começou”, diz Fábio.

Com o tempo, o empresário percebeu a necessidade de evoluir no mercado. A loja simples de bairro se transformou em referência em toda Londres e com entregas para toda Inglaterra. Fábio sempre teve a preocupação com a cultura brasileira junto a comunidade, apoiando grandes shows a se apresentarem. Também no esporte apoiando times, torneio de futebol e jiu-jitsu . Além de ser um representante autorizado da Master Transfer no envio de dinheiro. Agora, o empresário vai expandir os negócios e anuncia a abertura de duas novas lojas, uma ainda esse mês em walthamstow e logo em seguida a terceira loja no sul de Londres na região de Bromley e com ideia de expandir ainda mais. Confira a entre-vista com o empreendedor-empresário!

Qual a receita para o sucesso?

Primeiro é acreditar no negócio, isso é fundamental, ter persistência, gostar do que faz e procurar bons colaboradores e parceiros de trabalho, estar sempre afinado com o mercado, ter uma boa equipe  para atender as necessidades dos clientes e buscar inovações.

E qual o maior desafio e dificuldades?

A empresa vai crescendo e surgem ideias e dificuldades novas, a maior delas é manter a qualidade buscando satisfazer as necessidades dos clientes que se torna um desafio diário. Pois o mercado está cada vez mais competitivo e exigente.

Qual seu público alvo?

Hoje em dia estamos crescendo muito junto a todas as comunidades de vários países, mais os de língua portuguesa e espanhola assim como o público brasileiro ainda estão em número maior. Não fazemos distinção, todos os clientes são muito bem-vindos.

Qual a dica para os empreendedores que
estão iniciando?

Existe uma diferença entre empreender e ser impulsivo. As pessoas devem empreender e colocar suas ideias em prática, porém é preciso ter cuidado para não ser impulsivo e tomar atitudes sem os pés no chão. Sempre que tiver uma ideia, é preciso fazer uma análise do mercado. Verificar concorrentes, preços praticados, produtos que você vai oferecer e a forma que vai oferecer os produtos ao cliente.

Levando agora para o lado virtual, qual é o maior desafio de um negócio cujas as vendas também são feitas pela Internet?

Manter-se diariamente atualizado, pois a Internet muda constantemente e nossa empresa tem que mudar junto com ela. Isso promove um certo desgaste mental e muito trabalho. Temos um setor especializado dentro da empresa onde profissionais qualificados estão sempre se atualizado e trazendo as últimas tendências e soluções para nosso mercado virtual. Um exemplo disso é o nosso aplicativo para celular, que será lançado esse mês.

Por que decidiu expandir também para o mundo online?

Em grandes centros como Londres o mercado está em constante mudança e precisamos estar sempre atentos e dispostos à tendência, antes que seja tarde.  Acreditamos que o futuro seja esse e por isso investimos muito nesse projeto. E a comunidade brasileira é muito vasta e nem todos tem acesso a uma loja brasileira.

Como lidar com a confiança do público mais conservador, com as negociações online?

Oferecendo credibilidade através de depoimentos dados por clientes. Oferecemos atendimento telefônico em mais de 1 número para contato, além de um número exclusivo para falar diretamente com nossa equipe; Oferecemos todo serviço de atendimento online: chat, messenger, whatsApp, e-mail; Temos galeria de fotos onde clientes enviam suas fotos;  No momento que o cliente clica em comprar oferecemos segurança, pois nossa loja é blindada e temos parceria com as melhores empresas para pagamentos online.

Em sua opinião, quais os fatores mais determinantes para o sucesso no comércio?

Primeiramente o empresário tem de montar um empreendimento que goste, que tenha afinidade. Segundo: contar com uma equipe de profissionais experientes e capacitado, pois sozinhos nao chegamos em lugar nenhum; e, aí sim, “barriga no balcão” e trabalho duro. Tudo isso, sem contar que este deve ser perseverante, porque, infelizmente nem tudo são flores; Os espinhos vêm sempre. O empresário deve ter comprometimento no momento que antecede a abertura da sua empresa e buscar informações de gerenciamento. Ressaltando que isso não é uma receita de bolo, que podemos ter variantes que podem atrapalhar o processo, devido a segmentos atuantes, crises econômicas entre outros.

Quais são os planos para o futuro?

Em breve estaremos lançando um app, o “Brasil em Casa”. A pessoa baixa, cadastra seus dados e se torna um cliente, onde pode fazer suas comprar com mais comodidade. Estamos também abrindo a segunda loja em Walthamstow e muito em breve em Bromley.

Compartilhe: