Casamento Real

Que o casamento real foi o assunto mais falado das últimas semanas você já sabe, mas quero saber se de fato você sabe o que aconteceu antes, durante e depois do dia mais esperado do mundo.

Um casamento real fora do convencional e a quebra de tradições

Como já era de se esperar do príncipe Harry, o que aconteceu no dia 19 de Maio foi um evento nada convencional e uma série de quebras de tradições da família real britânica. A começar pelo número de convidados. Foi de real acordo entre os noivos que mais de 2500 pessoas presenciaram o tão esperado momento.

A data escolhida para o casamento também foi bastante curiosa, uma vez que a tradição real inglesa não permitia casamentos no mês de maio. O evento foi marcado em maio dando “adeus” para a tradição da Rainha Vitória. Também enquanto o costume era realizar o evento de casamento durante a semana, os noivos escolheram um sábado para a cerimônia. O sabor do bolo também foi bem diferenciado. O escolhido foi o sabor de limão e flor de sabugueiro com cobertura de creme de manteiga. A decoração ficou por conta do toque final de flores frescas.

Presentes? Não! Os pombinhos optaram por doações para instituições de caridade.

Uma atitude louvável que chamou a atenção do mundo todo foi o fato dos noivos trocarem os presentes por doações a instituições de caridade, inclusive muitos representantes destas instituições estiveram entre os 2500 convidados. O casal pediu para que todas as pessoas que fossem marcar presença na cerimônia, fizessem uma doação para uma das 7 instituições de caridade escolhidas pelos noivos.

Um casamento unindo tradição e modernidade

A celebração estava cheia de famosos e a cerimônia emocionante misturou elementos tradicionais e modernos. Um dos momentos mais emocionantes foi o sermão do bispo, presidente da Igreja Episcopal dos EUA, Michael Curry, que falou sobre o poder do amor e citou Martin Luther King. Outro momento muito emocionante foi quando o coral gospel cantou uma versão da música “Stand By Me”.

A noiva Meghan Markle usou um vestido minimalista e uma tiara de diamantes da rainha Mary para se casar com seu príncipe. E claro que as homenagens à Lady Di não poderiam faltar. Uma delas foi assento vazio ao lado de William, no lugar mais próximo da noiva. Que homenagem linda! A segunda homenagem foi o anel usado por Meghan na recepção aos convidados. A família de Diana também teve vez na cerimônia. Além de tios e primos pelo lado materno de Harry terem sido convidados, a irmã de Diana, Lady Jane Fellowes, fez uma leitura especial no altar.

Meghan entrou na igreja acompanhada por dez crianças, entre eles o príncipe George e a princesa Charlotte, e o seu sogro Charles a levou até ao altar a pedido da noiva.

Nos votos, Meghan decidiu não pronunciar a palavra “obedecer”. Na tradição, as mulheres costumam citar “love, cherish and obey”(amar, cuidar e obedecer), mas ela disse apenas “love and cherish”. Princesa Diana fez o mesmo no seu casamento com Charles. Isso já é comum nos casamentos do Reino Unido, mas tratando-se de família real podemos considerar algo moderno.

E depois do casamento na capela, Meghan e Harry deixaram o Castelo de Windsor em uma carruagem aberta para saudar mais de 100 mil pessoas que acompanharam a cerimônia do lado de fora em telões, logo após, receberam seus 600 convidados para um jantar.

Um grupo de brasileiros acamparam um dia antes na frente do Castelo e passaram a noite no frio para garantir um lugar com visão privilegiada da passagem da carruagem com os recém-casados.

Eu e a Bruna também fomos um dia antes para mostrar a vibração da cidade e gravamos tudo em um vídeo. Foi cansativo mas valeu muito a pena ter participado desse momento histórico para o Reino Unido, afinal, a família real britânica é a mais admirada do mundo.

Quer ver como foi nossa saga? Corre lá: www.elondres.com/casamentoreal

Por: Erico & Bruna
ericomaia@elondres.com
www.elondres.com
Tel. 07933965866

Compartilhe: