12 Causas de ‘Queda de Cabelo’

Os homens são mais propensos a perder cabelo do que as mulheres, porém as mulheres são mais afetadas psicologicamente quando isso acontece.

Para queda de cabelo tanto masculina como feminina existem diversos tratamentos. Por isso a importância da consulta médica e da investigação clínica.

1.

Estresse físico e emocional. Qualquer tipo de trauma físico como acidentes, doenças, quimioterapia ou até mesmo a perda de peso drástica podem causar queda de cabelo. O estresse emocional pode exacerbar um problema já existente, combater o estresse e a ansiedade, com exercícios físicos ou terapia podem ajudar.

2.

Calvície masculina. Cerca de dois entre três homens experimentam queda de cabelo por volta dos 60 anos, e na maioria das vezes é devido à calvície masculina.

3.

Hereditariedade e envelhecimento.  Calvície de padrão hereditário não é realmente uma doença, mas uma condição natural causada por alguma combinação genética, entre os níveis hormonais e o processo de envelhecimento. Quase todos os homens e mulheres vão notar um afinamento do fio capilar à medida que envelhecem.

4.

Hormônios femininos. Assim como as alterações hormonais da gravidez (e após o nascimento do bebê) podem causar perda de cabelo, também as pílulas anticoncepcionais e a menopausa.

5.

Síndrome dos ovários policísticos. É outro desequilíbrio nos hormônios sexuais masculinos e femininos, que pode levar ao aparecimentos de cistos ovarianos, ganho de peso, um maior risco de diabetes, alterações no período menstrual, infertilidade, bem como queda de cabelo.

6.

Anemia. Quase 1 em cada 10 mulheres de 20 a 49 anos sofre de anemia devido a deficiência de ferro (o tipo mais comum de anemia).

7.

Excesso de Vitamina A. De acordo com a Academia Americana de Dermatologia o excesso de Vitamina A em suplementos ou complexos vitamínicos podem desencadear a queda.

8.

Hipotireoidismo. Hipotireoidismo é o termo médico quando a glândula tireóide está trabalhando de forma inadequada.

9.

Deficiência de vitamina B. Embora relativamente incomum os baixos níveis de vitamina B são outra causa corrigível.

10.

Doença auto-imune.Também é conhecido como alopecia areata e, basicamente, é um resultado de um sistema imunológico hiperativo. Outras doenças auto-imunes como o lúpus também podem causar perda de cabelo.

11.

Tratamentos capilares com uso de química. Alisamento, tintura, progressiva, descoloração, todos esses procedimentos são nocivos aos fios, podendo, num futuro bem próximo resultar em enfraquecimento do fio.

12.

Puxar o próprio cabelo. Tricotilomania é o nome dado a compulsividade de puxar fios de cabelo constantemente. Muitas vezes começa em torno de 17 anos e é quatro vezes mais comum em mulheres que homens.


Por: Dra. Elisa Kajita
drelisakajita@gmail.com
Tel. 077 6295 8739

Compartilhe: