10 Problemas de saúde que o inverno pode proporcionar 

Alguns problemas de saúde, como asma, dor de garganta e feridas, são desencadeados ou exacerbados pelo frio. Veja como lidar com essas doenças de climas frios.

Resfriados

Você pode prevenir os resfriados lavando as mãos regularmente, assim evita que se contamine com bactérias deixadas por pessoas doentes. Lugares comuns de contaminação são transportes públicos, interruptores de luzes e maçanetas.
Também é importante separar os utensílios domésticos e toalhas, se alguém da sua casa estiver doente.
Dicas: se você tiver resfriado use lenços descartáveis, álcool ou antiséptico sempre que utilizar transporte público e evitar contato direto com pessoas doentes.

Dor de garganta

Dor de garganta são comuns no inverno e quase sempre são causadas por infecções virais.
Há alguma evidência de que mudanças na temperatura, como sair de uma sala aquecida para o exterior gelado, também podem afetar a garganta.
Dica: um remédio rápido e fácil para dor de garganta é gargarejo com água morna e salgada. Não curará a infecção, mas tem propriedades anti-inflamatórias e pode ter um efeito calmante.

Asma

O ar frio é um grande desencadeador de sintomas de asma, como sibilância e falta de ar. As pessoas com asma devem ser especialmente cuidadosas no inverno.
Dica: evite ficar exposto a ventos gelados e dias muito frios.
Seja mais vigilante sobre tomar seus medicamentos regularmente e manter os inaladores por perto.

Norovírus

Também conhecido como “winter vomiting bug”, o norovírus é uma infecção estomacal que contamina facilmente. Pode ocorrer durante todo o ano, mas é mais comum no inverno e em locais como hotéis, hospitais, lares de idosos e escolas.
A doença é desagradável, mas geralmente dura apenas alguns dias.
Dica: quando estiver com vômitos e diarréia, é importante beber bastante líquido para evitar a desidratação, pricipalmente crianças e idosos. Conseguirá encontrar fluidos de reidratação oral nas farmácias.

Articulações dolorosas

Muitas pessoas com artrite dizem que suas articulações se tornam mais dolorosas e rígidas no inverno, embora não esteja claro o motivo.
Dica: o inverno deixa as pessoas mais deprimidas, e isso pode fazer com que elas percebam a dor de forma mais aguda, é quando algumas condições médicas são exacerbadas.
O exercício diário pode estimular o estado mental e físico de uma pessoa. A natação é ideal para quem tem problemas nas articulações.

Feridas do frio como aftas

A maioria de nós reconhece que essas feridas são um sinal de que estamos sobre estresse. Embora não haja cura, você pode reduzir as chances de desenvolver.
Dica: manter o nível de estress baixo, fazendo exercícios, yoga e meditação.

Ataques cardíacos

Os ataques cardíacos são mais comuns no inverno. Isso pode ser porque o clima frio aumenta a pressão arterial e coloca mais pressão sobre o coração. Seu coração também precisa trabalhar mais para manter o calor do corpo.
Dica: mantenha-se aquecido. Use tocas, cachecol e luvas.

Mãos e pés frios

O fenômeno de Raynaud é uma condição comum que faz com que seus dedos das mãos e dos pés mudem de cor e se tornem muito dolorosos durante o tempo frio.
Os dedos podem ficar brancos, azuis, depois vermelhos, latejando e formigando. Os pequenos vasos sanguíneos das mãos e dos pés entram em espasmos, reduzindo temporariamente o fluxo sanguíneo para as mãos e os pés.
Em casos graves, a medicação pode ajudar, mas a maioria das pessoas consegue viver com seus sintomas.
Dicas: não fumar ou beber cafeína (ambos podem piorar os sintomas) e sempre use luvas quentes, meias e sapatos quando de caso num tempo muito frio.

Pele seca

A pele seca é uma condição comum e muitas vezes é pior durante o inverno, quando a umidade é baixa.
A hidratação é essencial durante o inverno. As loções hidratantes e os cremes não são absorvidos pela pele, eles atuam como um selante para impedir a evaporação da umidade natural da pele.
O melhor momento para aplicar um creme hidratante é depois do banho, enquanto sua pele ainda está úmida e reaplicar na hora de dormir.
Dica: tome banho com água morna e não muito quente, pois pode tornar a pele mais ressecada e causar coceira.

Gripe

Pessoas com mais de 65 anos de idade, mulheres grávidas e pessoas com condições crônicas de saúde, incluindo diabetes, doença renal e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), terão maior risco de ter gripe.
A melhor maneira de evitar a gripe é fazer a vacina (ou spray nasal para crianças de 2 a 17 anos) pois dara uma cobertura anual.
Se você tem mais de 65 anos ou tem uma condição crônica de saúde, você também é elegível para a vacina pneumocócica, que oferece proteção contra pneumonia.
Dica: descubra se você corre o risco de contrair a gripe perguntando ao seu médico de família e caso estiver em um grupo de alto risco, consulte seu médico de família para obter a vacinação.


Por: Dra. Elisa M. Kajita

Private GP & Aesthetic Practitioner
drelisakajita@gmail.com

Tel. 077 6295 8739

Compartilhe: